Rate this item
(0 votes)

Moçambique retoma aulas presenciais e alivia horários do recolher obrigatório

By Published August 28, 2021

O Presidente moçambicano anunciou hoje o alívio de parte das medidas de restrição para travar a pandemia de Covid-19, com destaque para a retoma das aulas presenciais e o alívio dos horários do recolher obrigatório.

"É autorizada a retoma das aulas presenciais do ensino primário, secundário, técnico-profissional e superior. No entanto, esta medida é flexível, dependendo da capacidade de cumprimento das orientações", afirmou o chefe de Estado moçambicano, numa declaração à nação a partir da Presidência da República, em Maputo.

Além de autorizar a retoma das aulas presenciais,Filipe Nyusi avançou que o recolher obrigatório passa a vigorar entre as 22:00 e as 04:00, sendo que no período anterior vigorava das 21:00 às 04:00.

Por outro lado, nas novas medidas, que vão vigorar pelos próximos 30 dias a partir de sábado, o horário dos serviços de restauração é estendido das 06:00 até as 20:00, quando no período anterior eram obrigados a encerrar às 18:00.

"O horário do funcionamento dos centros comerciais é das 09:00 às 18:00, quando antes encerravam as 16:00", acrescentou o chefe de Estado, avançando que os outros estabelecimentos de prestação de serviços passam a estar abertos até às 18:00, quando anteriormente eram obrigados a fechar as portas as 16:00.

Nas novas medidas, o chefe de Estado autorizou a reabertura dos ginásios de "classe polivalente e de grande dimensão", com uma lotação que não deve exceder 25% da sua capacidade.

Instituições públicas voltam ao normal

Além disso, o funcionamento das instituições públicas volta ao normal (07:30 até às 15:30). As reuniões em instituições públicas e privadas estão também autorizadas, mas o número máximo de participantes é 50 pessoas em locais fechados.

"Este início de alívios não pode nem deve ser confundido com o fim da pandemia", frisou o chefe de Estado, reforçando o apelo para a adesão a campanha de vacinação em massa em curso no país.

Desde o anúncio do primeiro caso em março do ano passado, Moçambique, que agora enfrenta a terceira vaga da pandemia, contabiliza 1.834 mortes e 145.199 casos de covid-19, dos quais 90% recuperados da doença e 147 internados.

De acordo com o boletim de hoje, o país conta com 12.719 casos ativos. Moçambique já testou cumulativamente 842.455 casos suspeitos, dos quais 3.751 nas últimas 24 horas.

 

Por DW Moçambique.

Read 122 times Last modified on Saturday, 28 August 2021 23:13
Login to post comments

Baixe nosso aplicativo:

 
 

Nosso contato

Maputo-Matola
Matola, Maputo 1114
Moçambique
Mobile: +258849431453
www.radiovivaaorei.com

Nossa missão

  • Levar a Palavra de Deus ao seu coração