O governador da província de Cabo Delgado pediu às populações da vila de Quitunda, no distrito de Palma, que colaborem com as forças estrangeiras que vão apoiar o exército moçambicano no combate contra grupos armados.

A onda de violência que vive na África do Sul está a afetar o fluxo de negócio com Moçambique. Transportadores dizem que camiões com bens essenciais estão parados. Não há relatos de moçambicanos vítimas de violência.

Além de diminuir risco de infecção, imunizantes reduzem a variedade genética do patógeno no organismo

Depois de enfrentar uma segunda onda da pandemia que deixou quase 350.000 mortos, agora a Índia precisa lidar com um novo problema de saúde pública, o fungo negro. A doença já atingiu cerca de 28.000 indianos. Causada por um fungo mucoso normalmente encontrado no solo ou em frutas e vegetais em decomposição, a mucormicose provoca uma alta taxa de mortalidade, ao redor 50%.

"Identificamos 28.252 casos da mucormicose em 28 estados até agora e, desses, 86% têm um histórico de Covid-19 e 62,3% são portadores de diabetes", disse Harsh Vardhan, ministro de Saúde da Índia, após um encontro com autoridades do país essa semana.

O Ministério da Saúde vem orientando os estados a declarar que vivem uma epedimia da mucormicose. Assim, segundo o governo, seria possível propor diretrizes nacionais para endereçar o problema. 

Em pessoas imunossuprimidas ou com doenças como diabetes, o fungo pode causar estragos relevantes no seio da face, no pulmão ou no cérebro. A ciência também identificou que o uso de esteróides, muitas vezes necessário para minizar os efeitos do coronavírus em pacientes em estado grave, pode facilitar a proliferação do fungo no organismo.

A maioria dos casos está sendo registrado na Índia. Segundo especialistas locais, a alta na covid e as condições de boa parte das cidades indianas, que sofrem com lacunas de saneamento e destinação adequada do lixo, podem ser fatores importantes para a disseminação da doença.

Médicos do hospital Max Smart Super Speciality, de Nova Deli, tem registrado pelo menos cinco casos diários de mucormicose. Antes do agravamento da pandemia, a média era de um caso por dia. 

O surto da doença está pressionando o sistema de saúde, já gravemente afetado pelo aumento de casos da Covid-19. Os estoques de um dos principais medicamentos para tratar a mucormicose está baixando rapidamente, em função da repentina alta da demanda. A principal preocupação é que o fungo negro se torne um novo problema grava de saúde pública.

Baixe nosso aplicativo:

 
 

Nosso contato

Maputo-Matola
Matola, Maputo 1114
Moçambique
Mobile: +258849431453
www.radiovivaaorei.com

Nossa missão

  • Levar a Palavra de Deus ao seu coração