Economia

Economia (10)

Apesar de benefício ter garantido renda mínima aos mais pobres durante pandemia não foram suficientes para impulsionar a economia. Sem programa, desigualdade e pobreza devem aumentar.

Presidente falou com Paulo Guedes e equipe econômica já prepara plano. No final, auxílio será o Renda Brasil

O presidente Jair Bolsonaro, afirmou nesta segunda-feira que o governo não pode continuar pagando auxílio emergencial de 600 reais (US$ 120) aos trabalhadores informais para superar os impactos da pandemia do novo coronavírus (COVID-19) e que terá que negociar um novo valor com o Congresso.

O ministro da Economia Paulo Guedes, confirmou nesta terça-feira (09) que vai prorrogar o auxílio emergencial, para minimizar a crise social agravada pela pandemia do novo coronavírus, por mais dois meses.

Concessionárias também vão ter que possibilitar o parcelamento dos débitos após o período de contingenciamento do estado por causa do coronavírus.

Empresa será obrigada a dar curso online, sem pagar salário, e não haverá bolsa-qualificação com recursos do FAT, diz advogada

Jogos Olímpicos podem ser transferidos de lugar ou de data

Comércios ficaram com os estoques baixos após confirmação de homem infectado por coronavírus

Os indicadores econômicos nacionais, embora tenham animado o mercado financeiro no final do ano passado, tampouco estão muito bem

Baixe nosso aplicativo:


Nosso contato

Rua Urano, 167 - Jardim Acácia
Feira de Santana, BA 44004-544
Brasil
Mobile: +55 75 991252042
www.radiovivaaorei.com

Nossa missão

  • Levar a Palavra de Deus ao seu coração